18.7.10

NAPONTADOLÁPIS

ABRAZAME
Não é mais voluntario, elas apenas percorrem o meu rosto sem uma sequência, o caminho parece ficar mais longo a minha vontade é de desistir e de parar ali mesmo, eu não tenho mais forças para dar outro passo mas lembrar que era você que eu iria ver me dava animo pra continuar. Até que eu te vi e não sei explicar como eu fiz só sei que quando dei por mim estava envolvida por seus braços. Ali eu estava segura, sentindo o calor do teu corpo e o som da sua respiração calma no meu ouvido, acompanhada pelo som distante das ondas. Você não me falava nada apenas me olhava implorando calma, não perguntava nada, limpava as minhas lágrimas como se soubesse de tudo , até que eu perguntei “ você não quer saber o que houve?” e você me respondeu “eu não preciso saber, agora eu estou aqui e vai ficar tudo bem “

4 comentários:

biancab.oliveira disse...

puutz Karina, o melhor texto que voce já escreveu.
“eu não preciso saber, agora eu estou aqui e vai ficar tudo bem“ dedico a voce <3

Bianca Oliveira - esqueci o e-mail que eu uso pra seguir o blog /Z

mais amor, por favor. disse...

Guria, muito bom, muito lindo, parabéns!
Beijo :*

May Ribeiro disse...

Achei muito bem feito, ká!

Nathalia S. Nicolosi disse...

Nossa! Adorei!
O final nos faz sentir que tudo irá ficar bem mesmo.

Espero que isso aconteça, estou precisando que tudo se acerte...

Beijo!

Postar um comentário